Se você acompanhou a base do Corinthians nos últimos anos, sabe que o nome do Vitinho é sempre muito repercutido. O jovem de 20 anos, que chegou a fazer testes no Manchester City, surgiu cedo como uma grande promessa, disputando a Copa São Paulo de 2017 com apenas 17 anos, por exemplo.

No começo de sua trajetória, foi relacionado com um jogador de beirada, de lado de campo. Com o passar do tempo, foi se desenvolvendo como um meio-campista do mais alto calibre, participando ativamente da construção ofensiva do sub-20.

O 2020 de Vitinho foi excelente. Jogando como meio-campista pelo lado esquerdo do 3-1-4-2 de Dyego Coelho, foi peça chave na circulação de bola do time. Como meia, ele ficou responsável de ser essa “cola” entre meio e ataque, com passes cirúrgicos e inversões para o lado direito.

A tônica de seu jogo vem consistindo em ser associativo pela esquerda, gerando jogo e opção de passe. O meia dialoga muito bem com Reginaldo e Adson, que também caem muito pelo setor.

Além disso, como já falado, suas inversões de jogo costumam ser cirúrgicas, buscando sempre o ala-direito (geralmente Daniel Marcos). Lembra em alguns momentos o colombiano Victor Cantillo, que faz muito bem esse papel no profissional.

Então, estamos falando de um armador em sua essência. Pensa o jogo, gera opção de passe e arrisca jogadas que pegam a defesa adversária desprevenida. Para um time ofensivo como o de Coelho, é fundamental.

Além de seu lado armador, temos que falar como a sua finalização é importante. O meia, que está no Timão desde 2005, tem o costume de se posicionar bem na entrada da área para buscar arremates. Com sua potente perna direita, não tem pudor em arriscar de média ou longa distância.

Sua qualidade em pegar na bola é tão notável que ele é responsável pela bola parada da equipe, especialmente em faltas frontais e pênaltis. Na temporada, Vitinho possui 8 gols em 23 jogos, sendo o artilheiro do time ao lado de Matheus Araújo.

Uma possível subida para o profissional serviria como recompensa para o jogador na qual Vitinho se transformou. Do ponta ao meia, da velocidade à pausa. Quem ganha é o Corinthians, que tem uma excelente opção dentro de casa para ajudar a gerar mais gols em 2021.

VEJA TAMBÉM:

9 JOVENS PROMESSAS PARA O PROFISSIONAL DO CORINTHIANS EM 2021

ANO POR ANO: SAIBA COMO ESTÃO AS MAIORES PROMESSAS DO CORINTHIANS NA DÉCADA

MANCINI DIZ QUE ESTÁ DE OLHO EM CAUÊ E OUTROS JOVENS; VEJA QUEM DEVE SUBIR

Deixe uma resposta