Você provavelmente já ouviu um grupo de torcedores ou de jornalistas falar que o Corinthians de 2017 era “retranqueiro”. Pois bem, no nosso primeiro episódio do podcast Scouts Debate, nosso colaborador Lucas Oliveira desmitificou essa história.

Buscamos mostrar para você, corinthiano, como aquela equipe se formou. Desde o Paulistão em um início complicado até o segundo turno do brasileiro, com a queda de desempenho.

  • Acompanhe análises, dados e curiosidades do Corinthians também no perfil da SCCP Scouts no INSTAGRAM e no FACEBOOK.

Para entender melhor esse cenário, contamos para vocês alguns números daquela equipe, que são incompatíveis com a falácia de que era um time que só se preocupava com a defesa.

Apontamos a importância de alguns jogadores e as mudanças que o Carille teve que fazer no Corinthians para que houvesse a retomada no segundo turno, com destaque para a vitória de 3 x 2 sobre o Palmeiras.

Destacamos jogos marcantes daquela campanha, como vitórias fora de casa ou derrotas como a para o Vitória, que mexeu com o time e tirou a invencibilidade do Corinthians. Tudo isso e muito mais você confere no primeiro episódio do Scouts Debate.

VEJA TAMBÉM:

Diferenças e semelhanças entre Tiago Nunes e Fábio Carille

Camacho revela instrução de Carille que garantiu vitória em dérbi e título nacional

Boselli pede tempo a Tiago Nunes e comenta possibilidade de jogar com Jô

Camacho revela inspiração em Busquets e avalia parceria com Cantillo

Carille, do Corinthians, como melhor do Brasil
Carille foi eleito o melhor treinador do Brasileirão de 2017 (Divulgação/CBF)

Deixe uma resposta