Primeiro vamos entender o contexto e o motivo da contratação de um atacante: o contrato do Mauro Boselli se encerará no próximo dia 30 e, ao que tudo indica, não estenderá seu vinculo contratual abrindo uma vaga no elenco para um estrangeiro e a posição provavelmente precisará de uma peça de reposição. Seu substituto pode estar em um de nossos países vizinhos: Juan Ignacio Ramírez.

Boselli chegou no dia 3 de janeiro, vindo do León/MEX de maneira gratuita ao Timão. Com dezesseis gols e cinco assistências neste período e o título Paulista, conquistado ano passado, o argentino deixará o time sem alcançar uma alta média de gols, porém neste tempo também não obteve uma grande sequência como titular.

Para repor o argentino, precisamos olhar com carinho para o mercado sul-americano, buscando custo benefício e resultados técnicos. Sendo assim, Juan Ignacio Ramírez pode ser esse atleta.

O atacante nasceu no Uruguai, e hoje, com vinte três anos de idade poderia ser titular do Corinthians, ou uma alternativa para o ataque em 2021. Nesta temporada atuando pelo Liverpool/URU, ele marcou doze gols e forneceu duas assistências aos seus companheiros nas vinte partidas que esteve em campo (pouco número de jogos devido à paralisação do futebol).

Cria das categorias de base do clube de Montevidéu, estreou no ano de 2016 no profissional aos dezenove anos de idade após destaques na categoria de transição. O atacante com passagens pelas seleções de base do seu país deve ganhar mais destaque nos próximos anos.

Ramírez preencheria as necessidades do clube, visando suas qualidades de movimentação, jogada de pivô (realizando a parede e o jogo de costas para o gol) e uso do físico a seu favor. Além dos gols marcados, é claro.

 Atua centralizado, com isso pode potencializar o jogo pelo funil da equipe, parte geralmente ocupada em grande quantidade de atletas pelas equipes rivais.

Visando a parceria com os atuais jogadores do elenco, o uruguaio consegue atuar com bolas longas em velocidade, olhando uma parceria com o colombiano Victor Cantillo, possivelmente em jogos contra equipes que marcam em bloco alto. Já com o Luan (um dos principais investimentos do clube nos últimos anos) atuando junto na faixa central, a aproximação entre eles conseguiria clarear as jogadas por esse setor. Com os laterais, a combinação trará lucros no jogo aéreo, qualidade explorada pelo uruguaio.

Mesmo sendo destro, consegue chutar com a perna esquerda. Porém, a finalização é algo que pode ser melhorado em seu jogo junto com o controle de bola.

Neste ano, foram dois gols marcados no pré-olímpico pelo sub-23 do seu país, sendo estes contra Argentina e Colômbia.

Alguns números do atleta neste ano:

  • 30,68% das oportunidades que teve foram convertidas em gol
  • Dos seus 61 chutes, 34 acertaram o alvo
  • Tem uma precisão nos passes de 71%

O jogador está avaliado em 1,2 milhões de euros (cerca de R$ 7,4 milhões) pelo Transfermarkt. Um valor que pode ser considerado alto, porém trará lucros dentro de campo (talento) e fora dele (financeiro) numa eventual venda no futuro.

Existem boatos de monitoramento de outros clubes nacionais sobre ele, incluindo Internacional e Fluminense.

Acreditamos que tenha potencial para ser um bom goleador no futebol brasileiro, sendo jovem e tendo tempo para progredir com suas carências técnica. A dificuldade na negociação talvez ocorresse por ele ser peça chave do seu clube. Veste a camisa nove e coleciona momentos de alegria para os torcedores com seus gols. Esperamos, caso se torne atleta do Corinthians, que faça o mesmo com a Fiel Torcida.

VEJA TAMBÉM:

MERCADO SCOUTS: VEJA UMA ESCALAÇÃO COM DESTAQUES DA SÉRIE B DO BRASILEIRÃO

MERCADO SCOUTS: 7 BOAS OPÇÕES DE PONTAS PARA O CORINTHIANS FICAR DE OLHO

MERCADO SCOUTS: 19 JOGADORES PARA FICAR DE OLHO NO BRASILEIRÃO

Deixe uma resposta