O elenco do Corinthians tem um grande problema há algumas temporadas: a ausência de um ponta de alto nível que se destaque na individualidade. Entre os nomes de Jonathan Cafu, Everaldo, Léo Natel e Gustavo Silva, alguns torcedores já chamam a atenção para o jovem Gabriel Pereira. Mas será que ele é esse ponta que o clube precisa?

Por Rafael Brayan

Ainda muito jovem, Gabriel Pereira é, na verdade, um meia aberto. Sem muito poder para o arranque e pouco veloz, o jogador do Corinthians se destaca pelo drible curto, a adaptação em jogadas associativas e um passe qualificado. Algo próximo às características de Pedrinho. Um meia armador que atuava na direita, mas sempre carrega para o centro.

Gabriel Pereira tem facilidade para sair de pressão por conta da sua criatividade. É um jogador que improvisa para sair da marcação de dois ou até três adversários. No 1 x 1, leva vantagem quase em todas as oportunidades. Quando está sozinho, consegue segurar a bola até que um companheiro se aproxime.

A relação do jovem do Corinthians com o lateral-direito é algo a se destacar, principalmente por conta de o time principal do Timão ter a qualidade ofensiva de Fagner na posição. Sempre acaba gerando espaço para ultrapassagens, o que dificulta a marcação adversária. Caso não consiga fazer o passe para o companheiro, ele progride fazendo a diagonal para o centro e tem uma visão de jogo avantajada para encontrar passes.

Jonathan Cafú, Everaldo, Gustavo Silva e Léo Natel são jogadores que, por característica, oferecem mais amplitude e profundidade, mas apresentam dificuldades técnicas. Gabriel Pereira, porém, tem refino no trato com a bola e acaba sendo mais uma opção de armação do que velocidade.

Gabriel Pereira e Xavier são duas promessas do Corinthians
Gabriel Pereira e Xavier são duas promessas do Corinthians (Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)

Comparado com Ramiro, titular da posição atualmente com Vagner Mancini, Gabriel Pereira pode ter um entendimento com Fagner até melhor para tabelar, combinar passes em profundidade e gerar espaços. Porém, entrega muito menos na marcação. Seja na pressão ainda no campo de ataque ou recompondo para ajudar na defesa.

Recuperado de lesão, Gabriel Pereira é uma opção para o futuro do Corinthians. Com tempo de amadurecimento, espaço para aprender com os seus erros e um contexto que o favoreça na sua função primária, o jovem meia é um nome para ficar de olho entre as promessas alvinegras.

CONFIRA OS LANCES DE GABRIEL PEREIRA, PROMESSA DO CORINTHIANS

VEJA TAMBÉM:

CONHEÇA DIMITRI, UMA JOVEM PROMESSA DO ELENCO SUB-23 DO CORINTHIANS

COMO FUNCIONAM OS TRÊS ZAGUEIROS NO SUB-20 DO CORINTHIANS

FESSIN NO BAHIA: VEJA COMO ESTÁ O JOVEM EMPRESTADO PELO CORINTHIANS

CAUÊ, O AUBAMEYANG DE ITAQUERA QUE PODE SER OPÇÃO DO CORINTHIANS EM 2021

Deixe uma resposta