O Corinthians caiu de produção nesses últimos jogos, isso é fato. A parte defensiva, especialmente, é um ponto crítico que tem que ser olhado com cuidado pelo treinador Vagner Mancini.

É importante entender que oscilações acontecem e são naturais, ainda mais para um time que não está pronto (e natural que não esteja). O anormal foi a longa sequência de vitórias e triunfos contundentes contra equipes superiores como Internacional e São Paulo.

Mancini foi longe, deu a expectativa de uma vaga para a Libertadores que era pouco comentada. Agora, vítima desse bom momento, já sofre certa pressão em caso de uma não classificação.

Calma, muita calma. Críticas são necessárias, o desempenho tem que melhorar. Mas tratá-lo como descartável agora é precipitado e até injusto com quem fez tanto desde que chegou ao clube. Um time entregue ao nada virou competitivo muito graças ao treinador.

Se ele é o cara certo para a próxima temporada? Melhor esperar o fim do campeonato para analisar. Pegar o todo, prós e contras. Usar apenas os últimos quatro jogos como parâmetro é um recorte conveniente para quem já não gosta do técnico. Tem campeonato ainda e o time pode voltar a jogar bem.

VEJA TAMBÉM:

COLUNA ALVINEGRA: DANILO, SUB-23 E O PORQUÊ DE SER UMA ESCOLHA EXTREMAMENTE ARRISCADA

COLUNA ALVINEGRA: QUAIS SÃO OS DESAFIOS DO DEPARTAMENTO DE FUTEBOL NA GESTÃO DUÍLIO?

COLUNA ALVINEGRA: ALESSANDRO, UM DOS MAIORES CAPITÃES DA HISTÓRIA DO CORINTHIANS

Deixe uma resposta